“Nostalgia.”
— (y)

Nossa história hoje finalmente teve um fim, um fim doloroso, um fim com lágrimas nos olhos, como a mão de alguém que não queremos soltar rapidamente porq. seria doloroso demais, então soltamos devagarzinho, relembrando todos aqueles momentos, sentimentos, planos, histórias, choros, risadas, brincadeiras, não fica com medo, nem todo final é doloroso.

Queria que soubesse que sou feliz, feliz por ter ido aquele show em 2009, feliz por ter tomado uma iniciativa, e pela primeira vez não permitir que NINGUÉM desse palpite na minha vida, logo eu que sou a insegurança em pessoa rs’ Sou feliz por ter vivido uma pequena longa história de amor contigo, uma história totalmente LOUCA, como um livro ou um filme confuso que se não forem vistos cuidadosamente os leitores se perdem no meio e ficam sem saber quem é mocinho e quem é o vilão, e que agora, um pouco mais madura, finalmente entendo o que quis dizer aquele dia no trem, e que sim é possível teer mais de um amor durante a vida, e que tenho MUITO orgulho em dizer que você foi o primeiro deles e.. acho que vai ser o mais louco da minha história em que ao contar pra uma pessoa ela vai arregalar os olhos e dizer - O_O’ CARALHOO, VOCÊS FIZERAM ISSO MESMO? - e eu vou rir. Queria que soubesse que se você não tivesse passado na minha vida, eu NUNCA teria me tornado a pessoa que sou hoje.

Stitch, SORTE, A. pequena… Ao olhar para trás, não olho mais com rancor, raiva ou mágoa de NENHUM tipo, olho com um sorriso nos olhos e na alma, com os olhos marejados, o coração apertado e sempre dizendo que VALEU A PENA, e faria tudo outra vez, gerações futuras saberão da nossa história e que nela, não houve nem mocinho, nem vilão, nem bruxas ou fadinhas, houve somente eu e você, duas pessoas, com duas formas de amar opostas mas amando com tudo que tiveram.

Queria que soubesse, que nunca te desejaria mal algum, nunca desejaria sua infelicidade, assim como tenho certeza que não deseja nada disso á mim, quera que soubesse que você foi a coisa mais linda que o destino colocou na minha vida, que capital inicial sempre vai ser nossa banda, que brigadeiro sempre me faz lembrar você rs’

Eu te amo guria, aqui, nossa história finalmente tem um ponto final, um ponto feliz, em que o leitor aperta o livro contra o peito e pega o próximo pra ler, já que agora, estamos em livros diferentes, em mundos diferentes.

Espero que entenda, embora esteja tudo embolado e estranho O_O’ .

Último choro, uma última música, ultima abraço, última dança. último dia 5/10/09.

Hoje, amanhã e SEMPRE.

— Considere uma carta 

“-Quanto tempo não?
-Sim, bastante -sorri sem graça-
-Você esta mudada, digo não só por fora, sei lá distante.
-Como assim?
-Quando lhe perguntei quanto tempo,vim já com intensão de receber um grande abraço de urso que você costumava me dar.
- A sim, entendo… bom tenho que ir, até um dia.
- Ei, espera não ganho um abraço mesmo?
- Por que te daria?
- Você prometeu… prometeu que sempre me abraçaria quando eu pedisse, lembra? você seria pra sempre minha proteção.
- Engraçado, você também prometeu nunca ir embora, nunca me trocar, nunca me deixar, e o que você fez? tudo o contrario…se você não cumpre as tuas promessas por que eu deveria cumprir as minhas?
- Por…porque você não és eu.
- E também não sou a garotinha ingenua de há 4 anos atrás.”
— Nyy Ferreira (via coracaoegelo)

“Pequena, quero tanto te dizer
Que eu não vivo sem você um segundo
É você que faz virar meu mundo”
— Chiclete com banana 


“Vão se passar 5, 10, 50 anos. Então alguém vai falar o nome dele. E você ainda vai saber quem é. Suas manias. Dos risos. Mesmo que seja passado, você sempre vai sentir falta dele.”
Remontado.  (via se-eu-pudesse)

“Sinto saudades de tudo que marcou a minha vida. Quando vejo retratos, quando sinto cheiros, quando escuto uma voz, quando me lembro do passado, eu sinto saudades. Sinto saudades de amigos que nunca mais vi, de pessoas com quem não mais falei ou cruzei. Sinto saudades da minha infância, do meu primeiro amor, do meu segundo, do terceiro, do penúltimo e daqueles que ainda vou ter. Sinto saudades das coisas que vivi e das que deixei passar.”
Clarice Lispector   (via se-eu-pudesse)

“Li uma vez que você vive não sei quantas mil horas e pode resumir tudo de bom em apenas cinco minutos. O resto é apenas o dia-a-dia. Um olhar, uma lágrima que cai, um abraço… Isso é muito pouco na vida. Então, isso vale mais que tudo para mim.”
Cazuza. (via situand-o)



Se alguém dissesse que daqui a três anos
Que você iria embora
Eu me ergueria e socaria todos eles
Porque eles estariam errados
Eu sei melhor que eles, porque você disse “para sempre”
"E sempre", quem diria…
Lembra-se quando nós éramos tão bobos
E tão convencidos e tão legais,
Oh não… Não não
Eu queria poder te tocar de novo
Eu queria poder ainda te chamar de amigo
Eu daria qualquer coisa… QUALQUER COISA. 

“Acredito que as pessoas aprendem com os próprios erros e com o tempo. Acredito também que quem traiu uma vez e foi perdoado vai trair de novo. Acredito que aquelas pessoas que vivem falando mal dos outros vão falar mal de você com esses outros. Acredito que as pessoas só mudam por vontade própria e nunca pelo pedido de outra pessoa. Acredito que tudo que eu acredito hoje vai mudar com o tempo. E que, no futuro, talvez, eu acredite em menos coisas. Ou em nada mais.”
Clarice Lispector.    (via romantizar)

E quem um dia irã dizer que não existe razão.


“Sempre achei que bons textos, assim como boas histórias, dependem simplesmente do começo e do fim.”
Allax Garcia.    (via lovituri)

“Se você está pensando,
Que eu estou me importando,
Claro que eu estou!
Eu não sou feito essa gente,
Que ama e, de repente,
Tchau, e se acabou…”
Vinicius de Moraes.    (via lovituri)

theme nostalgia-surreal;
12345678
Where can my baby be?